quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Fumet de camarão e risotto de marisco

Tive um lache ajantarado em casa com uns amigos do qual sobraram uns camarões cozidos e umas pinças de sapateira.
Descasquei os camarões a pensar que ia fazer alguma coisa com o miolo mas acabei foi a fazer com as cabeças e as cascas!

O que usei:
300 gr de camarão (o meu já estava cozido, mas pode ser cru)
300 gr de água

Como fiz:
Descasquei os camarões e coloquei as cascas e as cabeças no copo da bimby com a água.
Liguei 5 min/ 100º/ vel 3. No final coei e guardei no frigorífico até ser preciso.



As pinças de sapateira e o miolo de camarão ficaram mais um dia no frigorífico à espera de solução.
No dia seguinte ia fazer massa de atum mas pensei para quê gastar coisas novas se tenho uns restos maravilhosos no frigorífico? Descasquei as pinças de sapateira e saiu um risotto!

O que usei:
pinças de sapateira - para fazer um caldo
Miolo da sapateira
Miolo de camarão
125 gr de miolo de ameijoa
125 gr de miolo de mexilhão.
250 gr de arroz de risotto
1 fio de azeite
1/2 cebola picada
1/2 pimento verde partido em pedaços pequenos
5 colheres de sopa de polpa de tomate
sal q.b.

queijo parmesão ralado q.b.

Como fiz:
Numa panela coloquei as cascas da sapateira a ferver em água.
Numa panela de fundo antiaderente coloquei o fio de azeite e a cebola picada e fritei ligeiramente. Juntei o pimento e a polpa de tomate e deixei cerca de 5 minutos a fritar em lume brando - quase sempre a mexer.
Juntei o miolo de ameijoa e o de mexilhão e deixei cozinhar (estavam congelados).
Juntei o arroz e fui juntando o fumet reservado e o caldo que tinha feito das cascas de sapateira.
Depois da última adição de líquido - quando o arroz já estava cozido - juntei o miolo de camarão e o de sapateira só para aquecer (já estavam cozidos). Eu já não juntei sal mas...
Coloquei o queijo só no meu prato, por causa dos esquisitos!
Vale bem a pena fazermos os nossos próprios caldos - o sabor é muito mais acentuado e sabemos o que estamos a comer!

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Pão recheado com bacon e queijo



Quando publiquei o outro pão recheado uma amiga pediu-me para lho fazer para o seu jantar de anos. e eu disse está bem, mas vou experimentar outro!

O que usei:
100 gr de queijo mozzarela
100 gr de queijo emmental
120 gr de cebola
1 dente de alho
10 gr de margarina
1 colher de chá de sal
pimenta q.b.
250 gr de bacon aos cubinhos
250 gr de leite
20 gr de farinha
1 colher de sopa de salsa picada
1 pão alentejano grande (cerca 1 kg)

Como fiz:
Liguei o forno a 250º.
Como comprei os queijos já ralados não fiz o passo de os ralar que deveria ser nesta altura com o copo limpo.
Coloquei a cebola e o alho no copo e liguei 5 seg/ vel 5.
Juntei a margarina o sal e a pimenta e liguei 5 min/ 120º/ vel 1.
Juntei o bacon e voltei a ligar 5 min/ 120º/ vel 1.
Juntei o leite e a farinha e envolvi com a espátula.
Liguei 6 min/ 90º/ vel 1,5 inversa.
Juntei os queijos e envolvi com a espátula.
Cortei o topo do pão e retirei o miolo o mais inteiro possível.
Coloquei o pão num tabuleiro de forno forrado com um tapete de silicone e por cima de uma folha de papel de alumínio, onde mais tarde o embrulhei.
Coloquei os palitos de pão em volta.
Verti o preparado para dentro do pão e tapei e embrulhei no papel de alumínio.
Levei ao forno 15 minutos. A meio virei os palitos para não torrarem demasiado.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Pão recheado com queijos e chouriço

Gostamos muito de petiscos e uma festa de aniversário é sempre uma oportunidade para fazer um petisquinho que de outra maneira não se faz.

O que usei:
1 pão alentejano de 1 kg
200gr de queijo emental
200 gr de queijo mozarella
1/2 chouriço
6 colheres de sopa de maionese de alho

Como fiz:
Cortei uma tampa no pão e retirei o miolo do pão o mais inteiro possível e cortei-o em palitos.
No copo da Bimby coloquei o chouriço e piquei 5 seg/ vel 5.
Juntei os queijos e a maionese e misturei 20 seg/ vel 4.
Verti para dentro do pão  a mistura dos queijos e chouriço e tapei com a tampa do pão.
Embrulhei em papel de alumínio e coloquei num tabuleiro no forno a 200º com os palitos para torrar.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Biryani de borrego




Gosto muito de comida indiana! Acho que todos os tipos, os caris, os arrozes, as carnes... Só não gosto muito de tandoori, mas de resto vai tudo.
E já andava com a mania de fazer biryani há muito tempo... aliás já tinha feito e não me tinha corrido pelo melhor. Até que descobri que tenho a receita na minha casa há muito tempo, no livro "Na rota das descobertas",então toca de pôr mãos à obra.

O que usei:
750 gr de borrego em pedaços
250 gr de iogurte natural
60 gr de ghee (fiz antes na bimby - já explico mais à frente)
150 gr de cebola cortada
2 dentes de alho
15 gr de gengibre fresco ralado
230 gr de pimento verde cortado em tiras
2 colheres de sopa de coentros em pó
6 sementes de cardamomo
45 gr de coco (não usei)
1 colher de chá de sal
pimenta q.b.
1 colher de chá de açafrão das índias
100 gr de água
1 colher de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de cravinho de pó

30 gr de azeite
1 colher de açafrão das índias
6 sementes de cardamomo
1 colher de chá de sal
4 cravinhos
1000 gr de água
350 gr de arroz basmati
coentros picados para servir

Como fiz:
Primeiro fiz a ghee - manteiga clarificada.
Coloquei 250 gr de manteiga no copo da Bimby e liguei 10 min/60º/vel 1 - (agora tenho a TM5 a ordem de ligação já é a mesma que toda a gente!)
Retirei e coei com o cesto e um pano fino de algodão.
Coloquei a carne com o iogurte numa tigela e envolvi bem.
No copo coloquei a ghee, a cebola, e o alho e piquei 5 seg/vel 5 e depois 5 min/120º/vel 1.
Juntei o gengibre, o pimento, os coentros, o cardamomo, o sal, a pimenta e o açafrão e liguei 3 min/120º/vel colher inversa.
Juntei a carne com o iogurte e a água. (da próxima vez não junto tanta água que achei muito molho na carne que foi para o lixo) Liguei 25 min/100º/ vel colher inversa.
Retirei e reservei.
Liguei o forno a 200º.
Coloquei no copo, sem lavar, o azeite, o açafrão, o cardamomo, o sal, os cravinhos e a água. No cesto coloquei o arroz e liguei 20 min/100º/vel 4.
Num tabuleiro de forno misturei o arroz com a carne - coei um bom bocado de molho porque este prato deve-se comer seco.
Levei ao forno cerca de 20 minutos. Polvilhei com coentros e servi com a minha salada de todos os dias.



quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Hamburgueres de Bacalhau

Na minha casa os miúdos refilam com o bacalhau, por isso lembrei-me de o "disfarçar" de qualquer modo.
Pesquisei um bocadinho e cheguei a estes hamburgueres do cookidoo.

O que usei:

80 gr flocos de aveia grossos
120 gr de chalota
15 gr de coentros
600 g bacalhau demolhado e desfiado
1 ovo
1 colher de chá mostarda
Pimenta moida q.b.
sal q.b.

Como fiz:
Coloquei no copo da bimby a aveia e pulverizei 10 seg/vel 9. Retirei e guardei.
Coloquei a chalota e os coentros e liguei 5 seg/vel 5. Juntei metade do bacalhau, o ovo e a mostarda e liguei 10 seg/vel 7. Raspei com a espátula os lados do copo e liguei outra vez 10 seg/vel 7. Juntei o resto do bacalhau, a aveia guardada e a pimenta e liguei 10 seg/vel 4.
Retirei e moldei os hamburgueres com o meu presto da tescoma. Rendeu 7.
Fritei num fio de azeite e servi com uma salada verde!



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Outro aniversário!


 
 
 
 

 
 
 
 
 

Mais um aniversário! O 7º da minha filhota!
Desta vez pediu que o tema da festa fosse Paris!

A ementa incluiu o costume:
Croquetes
Rissóis de camarão
Pastéis de bacalhau
Panados de perú
Camarão cozido com maionese de alho
Queijo camembert em massa folhada
Piza enrolada
Croissants de salsicha
Queijos e enchidos

Mousse de chocolate
Salame de chocolate
Arroz doce
Leite creme
Gelatina colorida
Croissants de chocolate
Molotof
Bolo de aniversário - metade bolo de iogurte e metade Devil's food cake

Para o jantar ainda houve rancho de javali e lasanha de atum (estas fotos já não me lembrei de tirar!)

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Bolo mármore de iogurte



Aniversário é sempre sinónimo de bolo!
A minha filha faz 7 anos e hoje levou para a escola o bolo para celebrar com os seus colegas.
Como a festa será no fim de semana hoje só fiz um bolo simples mas como ela me pediu - "Mãe, tem de ser um bolo mármore!"

O que usei:
10 ovos xl
800 gr de açúcar

2 colheres de extrato de baunilha
2 iogurtes naturais
220 gr de óleo
300 gr de farinha com fermento
2 colheres de sopa de  fermento em pó
2 colheres de sopa de cacau em pó.

100 gr de natas
200 gr de chocolate para culinária
10 gr de margarina

Como fiz:
Coloquei todos os ingredientes, exceto a farinha e o fermento, na batedeira elétrica e bati na velocidade 4 durante 5 minutos.
Juntei a farinha e o fermento e bati até estar totalmente envolvida na velocidade 4.
Retirei metade da massa para uma forma de tubo, previamente untada, e juntei 2 colheres de sopa de cacau ao resto da massa.
Bati novamente na velocidade 4 até estar totalmente envolvido.
Verti por cima da outra massa e cozi o bolo no forno cerca de 1 hora 15 minutos. Mais ou menos a meio da cozedura tapei com papel de alumínio para não ficar queimado.

Aqueci as natas numa tigela no microondas durante 30 segundos. Juntei o chocolate partido em pedaços e deixar derreter. Fui mexendo até estar tudo derretido. Se não ficar logo derretido vai-se colocando em intervalos de 30 seg no microondas para não queimar o chocolate. No final incorporei a margarina só para dar brilho.
Cobri o bolo ainda quente com o ganache e coloquei as flores de açúcar.

Na bimby. Atenção que estas quantidades correspondem a 2 doses da receita do livro base da TM31. Colocam-se todos os ingredientes no copo e liga-se 5 min/vel 4. Junta-se a farinha e o fermente e mexe-se 15 seg/ vel 3. Deita-se metade da massa na forma e à restante adiciona-se 2 colheres de sopa de cacau em pó. Deita-se por cima da outra massa na forma. Coze-se por 1
 hora e 15 minutos.

No copo limpo colocam-se as natas e liga-se 3 min/80º/ vel 3. Junta-se o chocolate partido em pedaços e a margarina e deixa-se uns segundos para derreter. Liga-se 20 seg/vel 7.